A INCRÍVEL Mesquita de DJENNÉ em MALI!

comentários
28 de março de 2017

Definitivamente Mali não é um dos destinos mais populares do mundo e nem mesmo da África, porém, aqueles que decidem se aventurar nesse país tem a possibilidade de visitar um dos monumentos religiosos mais incríveis do mundo, a Mesquita de Djenné.

A incrível Mesquita de Djenné em Mali

A Mesquita de Djenné além de imponente é extremamente surpreendente, afinal, ela possui um estilo inigualável no mundo. Sua fachada é única e bem fora do convencional, sendo assim, não espere encontrar nada similar em outras partes do mundo, o que de fato deve servir de motivação para você ir até Mali.

A fachada da mesquita é construída em adobe e caracterizada pelas diversas estacas de tronco de palmeira espetadas em suas paredes que tem a principal finalidade de dar suporte as paredes e não tem finalidades estética, como a princípio possa parecer.

A Mesquita de Djenné é única em seus detalhes

O interior da mesquita também impressiona por sua total simplicidade, afinal, no piso pode-se notar a areia do Deserto de Mali, que acaba combinando bem com as paredes de adobe e cria um cenário incrivelmente único, com os islâmicos fazendo suas preces ajoelhados na areia do deserto.

Os materiais usados na construção da mesquita estão muito suscetíveis a ação do tempo e por isso, anualmente a mesquita é restaurada em um esforço da população que mobiliza milhares de pessoas que acrescentam mais material a fachada para compensar seu desgaste.

A imponente Mesquita de Djenné em Mali

A cidade de Djenné é historicamente um importante centro comercial e nos dias atuais não é diferente, sendo que um grande mercado tem espaço na região da Mesquita de Djenné, onde diversos vendedores negociam produtos tradicionais da região.

A Mesquita de Djenné é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e definitivamente é um lugar que merece muito ser visitado. Raramente encontra-se voos com bons preços para Mali, sendo assim, a opção mais econômica para se chegar até lá, seja conseguir alguma promoção de passagens para a Europa e a partir dali voar com alguma empresa Low Cost (a Ryan Air faz esse trecho) para o Marrocos que fica relativamente perto de Mali.

A Mesquita de Djenné em Mali

A partir dali, a melhor opção é fazer um novo voo até Bamako, em Mali, sendo que apesar de parecer interessante fazer esse trajeto por terra, é preciso se informar antes sobre as questões de segurança na região no momento da viagem.

 

Você pode se interessar também:

Na FRANÇA, coma BEM gastando POUCO!

RAMADÃ: Esteja atento ao viajar!

Deixe seu comentário