Istambul: A INCRÍVEL Cisterna da Basílica

comentários
23 de fevereiro de 2017

A cidade de Istambul na Turquia possui muitas atrações que impressionam por sua beleza, porém uma em especial impressiona por sua complexidade, talvez até mais do que as imponentes mesquitas: A Cisterna da Basílica, que inclusive recebeu este nome por estar localizada próxima da Basílica de Santa Sofia.

A incrível Cisterna da Basílica de Istambul

Andando pelas ruas de Istambul pode ser que você nem se dê conta de que a Cisterna existe, já que a entrada para esta grande cisterna subterrânea é pequena e pode passar despercebida para os desavisados. A entrada para a cisterna é uma pequena casa localizada na região do Parque Sultan Ahmet, sendo que os desavisados provavelmente acharão estranho ter uma fila se formando ao redor daquela pequena construção.

Após encarar essa pequena fila e comprar seu ingresso, você descerá por uma escadaria até o subsolo e ao vê-la pela primeira vez ficará fascinado com o tamanho e a beleza desta imponente cisterna subterrânea.

A Cisterna da Basílica em Istambul, Turquia

Esta incrível cisterna foi construída por ordem do Imperador Bizantino Justiniano supostamente no ano 532. Esta obra construída para armazenar água sob a cidade de Istambul, ainda cumpre a sua função original e se mantém intacta graças às incontáveis colunas de mármore que a sustentam. A basílica é um grande salão retangular com 140m de comprimento por 70m de largura e possui 12 fileiras de colunas com 28 colunas cada, totalizando 336 colunas com cerca de 9m de altura cada. Apreciar essas colunas e a arquitetura do teto da cisterna é algo impressionante.

A Cisterna da Basílica de Istambul

Entre essas mais de 300 colunas, existem duas que chamam a atenção, pois ambas possuem em suas bases grandes cabeças da figura mitológica da medusa talhadas em grandes pedras sob as colunas, sendo consideradas obras primas da arte do período romano. De fato ninguém sabe de onde elas vieram e quem as trouxe para a Cisterna e enquanto muitos pesquisadores alegam que elas servem apenas como base para as duas colunas, existem alguns mitos sobre o porquê dessas cabeças de medusa estarem na cisterna, sendo uma muito aceita a que diz que em tempos antigos, esse tipo de figura mitológica era usado para proteger locais importantes e especiais.

Cabeça de Medusa na Cisterna da Basílica de Istambul

O cenário impressionante da Cisterna já foi utilizado em um filme da saga de James Bond, no caso no filme “Moscou contra 007” (From Russia with Love). Caso viaje por aquela região, não deixe de visitar a incrível Cisterna da Basílica.

 

Você pode se interessar também:

Comprando um PAPIRO AUTÊNTICO e Bons Souvenirs no Cairo

Qual MOEDA é MELHOR levar em uma Viagem Internacional?

Deixe seu comentário