CHAPADA DIAMANTINA: Inúmeras Atrações!

comentários
3 de Maio de 2017

A Chapada Diamantina, na Bahia, é um dos principais destinos no Brasil para quem gosta de contato com a natureza. Aqui, uma série de trilhas, cachoeiras, grutas e impressionantes formações rochosas brindam aqueles desbravam os caminhos da Chapada.

Vista da Chapada Diamantina, na Bahia

É importante destacar que a Chapada Diamantina é realmente grande e o ideal é ficar pelo menos uma semana por lá, caso contrário, será inevitável a sensação de que não deu para ver muito do que o local tem a oferecer. O fato é que se deve programar bem uma visita a Chapada e não perder tempo parado.

O principal ponto de partida para quem visita a Chapada Diamantina é a cidade de Lençóis, onde existem melhores opções de pousadas, agências que organizam passeios e um aeroporto.

A Gruta da Pratinha na Chapada Diamantina, Bahia

Porém existem outras pequenas cidades que estão mais próximas de importantes atrações e, sendo assim, saiba a partir de quais cidades é melhor partir para determinadas atrações, sendo que existem trilhas que passam pelas atrações e ligam algumas cidades.

Muitas atrações tem como base a cidade de Lençóis e caso não tenha muito tempo, melhor ficar apenas por lá. A partir dali pode-se ir até o Morro do Pai Inácio, as cachoeiras do Poço do Diabo, do Sossego e Ribeirão do Meio e as grutas Torrinha, da Pratinha e Lapa Doce. A partir de Lençóis, também é possível fazer trilhas populares como a Lençóis – Vale do Capão e a Pai Inácio – Vale do Capão entre outras.

Formações rochosas da Chapada Diamantina, Bahia

A partir da cidade de Andaraí, uma antiga cidade de garimpo, se visita o Poço Azul e a Cachoeira do Ramalho. Esta cidade marca o ponto final da Trilha do Vale do Paty.

É a partir da cidade de Caeté-Açu que se tem acesso à cachoeira mais alta do Brasil, a Cachoeira da Fumaça, com 380 metros. Se informe antes de ir até ela, pois em época de estiagem a queda pode secar. A partir de Caeté-Açu também se tem acesso a trilha mais famosa da chapada, a Trilha do Vale do Paty, com duração de 5 dias e mais de 70 quilômetros. Não quer fazer uma trilha tão longa? Experimente a trilha Vale do Capão – Guiné.

A Cachoeira da Fumaça na Chapada Diamantina, Bahia

Quem parte de Mucugê, está mais próximo da Cachoeira Cachoeirão e do Poço Encantado. Essa cidade também é usada para aqueles que querem visitar as atrações da cidade de Ibicoara, como a Cachoeira da Fumacinha e a do Buracão.

Então estas são todas as atrações da Chapada Diamantina? Mas nem de perto. Existem várias outras atrações na Chapada sendo que as próprias trilhas que levam até os pontos de interesse, são atrações belíssimas e até uma grande variedade de pinturas rupestres são encontradas na chapada.

Incríveis Grutas na Chapada Diamantina, Bahia

Não se preocupe, as agências que organizam os passeios são bem preparadas e vão ajudá-lo a otimizar seu tempo por lá e sendo assim, o grande objetivo deste post é fazer você entender que realmente é preciso ter tempo para visitá-la e da importância de saber onde se basear para que a visita a Chapada seja feita de forma satisfatória, afinal, se até para escrever um post sobram atrações, imagina para visitar tudo? Visite o máximo que puder e prepare-se para paisagens inesquecíveis.

 

Você pode se interessar também:

Em PRAGA, não seja enganado!

O que fazer na tranquila ATIBAIA?

Deixe seu comentário